Telefone: 55 (11) 3044-0000 Fax 3846-8813
Rua Funchal 129 Cj. 21 2º andar  - Vila Olimpia  
São Paulo - SP  04551-060
E-mail: contato@fundacaoideah.org.br

 

© 2016 Fundação Ideah. Todos os direitos reservados.

AÇÕES HUMANITÁRIAS DE 2018

260 pacientes com câncer de pele são atendidos na Ação Humanitária em Minas Gerais

Ação humanitária Fundação IDEAH - SBCP em Fortaleza fará reconstrução mamária em 60 pacientes

Ação Humanitária em Florianópolis atende 50 pacientes

Fundação IDEAH recebe Rotary Club para discutir parceria

Primeira Ação Humanitária da Fundação IDEAH – SBCP de 2018, atende 150 em Mato Grosso do Sul

Ação humanitária da Fundação IDEAH  e SBCP beneficia 210 pacientes no Rio

 

5ª Ação Humanitária em Recife e Caruaru (PE) beneficia 113 pacientes carentes

 

A Regional Pernambuco com apoio da Fundação IDEAH e da Diretoria de Ação Social da SBCP (DAS) realizou mais um grande “mutirão” de cirurgias plásticas reparadoras em 113 pacientes carentes portadores de vários tipos de tumores de pele que em Pernambuco.Segundo o presidente da Regional Pernambuco, Luis Alberto Leite, a doença atinge não somente a população litorânea, mas também, os trabalhadores do sertão e agreste pernambucanos. O presidente da Fundação IDEAH, Pedro Martins, fez visitas aos hospitais de Recife que participaram da ação, junto com Luis Alberto Leite e o coordenador do DAS, Victor Adissi. Em Recife esse trabalho social da SBCP foi coordenado por Pedro Pita e em Caruaru por Frederico Santos.

Hospitais participantes em Recife: Clínicas da UFPE; Agamenon Magalhães; IMIP; Osvaldo Cruz e Hospital do Câncer de Pernambuco

 

Em Caruaru, o Hospital municipal cedeu o centro cirúrgico para atendimento dos pacientes selecionados para a cirurgia.

 

260 pacientes com câncer de pele são atendidos na Ação Humanitária em Minas Gerais

 

No dia 3 de outubro a Ação Humanitária da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica em conjunto com a Regional Minas Gerais, o departamento de Ação Social e a Fundação IDEAH beneficiou 260 pacientes carentes da capital mineira e das cidades de Montes Claros, Poços de Caldas, Uberaba, Alfenas, Itabira, São Lourenço e Juiz de Fora, realizando a eliminação de tumores de pele.

Os pacientes aguardavam para realizar os procedimentos pelo SUS e foram selecionados pelos serviços de cirurgia plástica dos hospitais participantes.

A Ação Humanitária em Minas Gerais precedeu a 23ª Jornada Mineira de Cirurgia Plástica, evento científico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e que reuniu especialistas de todo o estado durante os dias 04 e 06 de outubro em Belo Horizonte.

 

Ação humanitária Fundação IDEAH - SBCP em Fortaleza fará reconstrução mamária em 60 pacientes

 

Mutirão acontecerá em diversos hospitais da capital cearense e precederá evento científico que reunirá cirurgiões plásticos de toda região norte-nordeste.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), em conjunto com a Regional Ceará (SBCP-CE) e a Fundação IDEAH, realizam no próximo dia 19/09 mais uma ação humanitária em Fortaleza, beneficiando cerca de 60 pacientes que farão a reconstrução mamária em mulheres mastectomizadas.

Cerca de 25 cirurgiões plásticos da SBCP no Ceará e toda uma equipe médica dedicada a esse trabalho social, devolverão a essas pacientes a auto estima, o convívio social e profissional. Entre os hospitais participantes (todos da rede pública), estão o Hospital Universitário Walter Cantídio (HC), Hospital da Mulher Fortaleza e Hospital Geral de Fortaleza.

 

88% das mulheres que perdem as mamas nesse processo são abandonadas pelo marido ou companheiro e o quadro depressivo se instala.

 

Para acompanhar todo esse trabalho humanitário, uma comitiva da sbcp composta pelo presidente da Fundação IDEAH, Pedro Martins, presidente da Regional Ceará, Giovanni Bezerra Martins e demais diretores visitarão os locais onde serão realizadas as cirurgias reconstrutivas. Essas pacientes já estavam na “fila” do S.U.S., mas não tinham previsão de quando fariam a cirurgia.

 

Ação humanitária da Fundação IDEAH  e SBCP beneficia 210 pacientes no Rio

 

A Fundação IDEAH e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica-SBCP e Regional Rio de Janeiro realizaram,no dia 31 de julho, a IX Ação Humanitária em 15 hospitais públicos no Rio de Janeiro, beneficiando 210 pacientes carentes que estavam a espera dessas cirurgias pelo S.U.S.

Tumores de pele, reconstrução mamária pós câncer, sequelas de queimaduras e cirurgia pós bariátricas foram os principais procedimentos realizados por cirurgiões plásticos e residentes (ensino) da SBCP, além de toda uma equipe médica dedicada a esse trabalho humanitário, composta por 150 profissionais. As cidades de Itaboraí, Campos, Resende, Volta Redonda e Nova Friburgo também realizaram mutirões.

No dia 31 de julho, a partir das 8 horas, as comitivas da SBCP irão visitar os 15 hospitais participantes desse megaoperação social.

O presidente da Fundação IDEAH, Dr. Pedro Martins, junto com o Diretor do Departamento de Ação Social da SBCP, Dr. Victor Adissi, o Diretor Geral da SBCP, Dr. Leandro Pereira e o presidente da Regional Rio, Dr. André Maranhão, acompanharam o trabalho das equipes médicas e o planejamento para o pós-operatório.

 

 

Ação Humanitária em Florianópolis atende 50 pacientes

 

Cerca de 26 cirurgiões plásticos voluntários da SBCP-SC participam entre 23 de abril e 04 de maio, de uma ação humanitária em Florianópolis e fizeram cirurgia de blefaroplastia superior para retirada de excesso de pele das pálpebras em 50 pacientes.

 

As cirurgias foram feitas nas clínicas dos voluntários. O Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário de Florianópolis foi o único serviço público parceiro nesta ação. As cidades contempladas foram: Blumenau, Gaspar, Balneário Camboriú, Florianópolis, Chapecó e Criciúma.

 

De acordo com o coordenador de ações sociais da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica de Santa Catarina, doutor Raidel Deucher, a blefaroplastia não é uma uma cirurgia feita pelo SUS, o que dificulta a realização para os pacientes que não têm condições para arcar com o procedimento. Os médicos, por meio da Regulação do Estado, filtraram os pacientes do SUS com indicações para a cirurgia e entraram em contato para ver aqueles que teriam interesse em realizar o procedimento gratuitamente, assim foi feita a seleção dos pacientes.

 

A ação humanitária precedeu a 34ª Jornada Sul-Brasileira de Cirurgia Plástica. 

https://www.youtube.com/watch?v=uAa5dE6U3gI

https://globoplay.globo.com/v/6708513/?utm_source=whatsapp&utm_medium=share-bar

https://www.youtube.com/watch?time_continue=15&v=weTf1FJLyH8

https://www.youtube.com/watch?v=JcR5AW6CFhk

 

Fundação IDEAH recebe Rotary Club para discutir parceria

O presidente da Fundação IDEAH, Pedro Martins, o curador Marco Kissil e o conselheiro fiscal José Roberto Fernandez Pitta se reuniram na sede da Fundação IDEAH, em São Paulo, no último dia 02 de março, com representantes do Rotary Club, para discutirem parcerias futuras. 

Dentre os vários projetos que a Fundação IDEAH tem para 2018, está a realização de campanhas de prevenção a queimaduras. A experiência do Rotary Club nessas ações educativas, trará excelentes resultados para as ações da Fundação IDEAH. 

 
 

 

Primeira Ação Humanitária da Fundação IDEAH – SBCP de 2018, atende 150 em Mato Grosso do Sul

Ação humanitária da Fundação IDEAH e SBCP em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado selecionou pacientes com orelha de abano e tumores de pele.

Campo Grande sediou na última semana, de 22 a 24 de março, a 31ª Jornada Centro-Oeste de Cirurgia Plástica. Para preceder o evento científico que reuniu especialistas de várias partes do Brasil, a Fundação IDEAH e o Departamento de Ação Social da SBCP (DAS),organizaram um mutirão que realizou 150 cirurgias plásticas de otoplastia (orelhas de abano) e remoção de lesões da pele benignas e malignas.

Ao todo, 400 pessoas participaram da triagem que selecionou os 150 pacientes. Foram 53 cirurgiões plásticos voluntários que realizaram os procedimentos em 22 hospitais, clínicas e laboratórios que participaram do mutirão, em cinco cidades diferentes: Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Fátima do Sul.

 

A triagem foi feita anteriormente, com pacientes que aguardavam os procedimentos na fila do SUS. O objetivo do mutirão é levar mais qualidade de vida à população mais carente que precisa de uma cirurgia plástica reparadora e dependem do serviço publico de saúde.

Confira abaixo uma das matérias veiculadas na imprensa sobre o mutirão e a galeria de fotos.

             http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/bom-dia-ms/videos/v/mutirao-de-cirurgias-plasticas-avalia-400-pessoas-em-ms/6600111/